Rommel Werneck
"Então, não mais, nunca mais despertar!""
Áudios

 

BARRETADA
 



 

Há dias em que em dia não se vê:

Há um lápis, um rímel, um batom,

Cinta-liga, uma saia mais godê...


 

Paletó, espartilho, aroma bom,

Jarreteiras, fedora, o teu buquê,

Suspensórios no terno mais marrom...


 

Há noites em que em noite não se vê


O casal em nudez no amor se lê

 

Enviado por Rommel Werneck em 07/04/2018
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras