Rommel Werneck
"Então, não mais, nunca mais despertar!""
Textos
OFERTA A TLALOC
Em cromias de gris os degraus em escala
A pirâmide, o céu, as neblinas, o pote...
E, diante do deus, o senhor sacerdote,
E a criança em panglor, piamente vassala...

Contemplavam o infante ofertado por dote,
Os longínquos cristãos escondidos na vala...
A carniça o xamã retirava na sala
Do fatal peitoral do rapaz num serrote.

Pluviais gratidões apagaram as tochas,
Trovejou o silêncio, esquelético exausto,
Um encanto assustou os astecas e as rochas:

Colossal  o sofrer em sanguíssima lava
Que depois do serviço, apesar do holocausto,
Arrancado, o feroz coração palpitava!


Saturnália de 2021

Rommel Werneck
Enviado por Rommel Werneck em 23/12/2021
Alterado em 02/01/2022
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras